Páginas deste Blog

domingo, 4 de abril de 2010

Abaixo a liturgia!!!

Uma sátira das conseqüências dos discursos de "abaixo a liturgia", "não aceito rótulos", "tenho estilo próprio", "não sigo cartilha", "o que importa é o prazer", etc...


Sub - O que devo fazer, Senhor?
“Mestre” - Ah, tem essa de ritual não, anjo, isso é coisa de litúrgico. E pode me chamar de "gato" que Senhor é só no céu.
Sub - Sim "gato". Mas não sei como agir.
“Mestre” – Xiiii, vai querer "livro de regrinhas" ? Relaxa e vai obedecendo. O importante é o prazer.
Sub - Ok gatão, mas não tem coleira?
“Mestre” - Que coleira? Tu é cadela ou minha "putanha"? Coleira é coisa de litúrgico. Qualquer coisa eu uso seu cinto.
Sub - Mas li num site que cinto como coleira pode enforcar.
“Mestre” - E tu num gosta de asfixia? Tudo consensual.
Sub - O certo não é com saco plástico?
“Mestre” - Ai ai ai..., começou o "certo e errado"... tsc tsc... Pra mim, certo e errado é só o SSC (Sexo, Sacanagem e Chupada).
Sub - Perdão Gato, mas gosto de spanking e de chicote.
“Mestre” - Que chicote? Chicote é coisa de circo. Tenho esse meu cinto aqui...
Sub - Esse aí ??!!!! Todo trançado e cheio de costura que vai me deixar toda marcada ?
“Mestre” - Era o único que combinava com a calça nova, gatosinha. Você, não me queria bi-ito? ... Mas se não quer tudo bem. Tudo tem que ser consensual. O que importa é a trepada... digo.. o prazer.
Sub - Sim Gato, tudo bem. Mas sem marcas.
“Mestre” - Sem marcas? Sou Mestre, não sou mágico. Você se vira, sai de burka o restante do mês. Essa coisa árabe ta na moda, né? ... Isso... sempre consensual. Agora se não me der esse cuzinho é que você vai ver o que é levar porrada.
Sub - E vela gato?
“Mestre” - Pode deixar que eu acendo pra dar aquele clima romântico.
Sub - Sei... E Clamps?
“Mestre”- Aiiii !!!! Lembrei que tem que tirar a roupa do varal.
Sub - Aiii meu Gato, adoro sua informalidade. Odeio aqueles Mestres Donos da verdade.
“Mestre” - Vem cá, ajoelha!
*Oba! Vai ter um ritualzinho, pensa a escrava...
“Mestre” - Agora que ajoelhou, chupa!
*Era de se esperar... Dãaannnn
“Mestre” - Agora vou te surrar !!!!!
Sub - Sim, gato.
“Mestre” - Não tá com medo?
Sub - Não, confio no meu gato.
“Mestre” - Mas você tem que ficar com medo. Sem medo não tem graça...
Sub - Vou me esforçar para agradá-lo.
“Mestre” - Deixa eu, pensar... Ah! Vou contar tudo pra sua família!..... aaahhh agora sim hehehh. Começa o ispânquing... Meia hora de porrada, após um "ta doendo" e "Se quiser eu paro e a gente fode logo" e três safewords (tudo bem) depois...
“Mestre” - Já tá bom? Meu braço já tá doendo e não lembro de mais nenhuma mulher que tenha me dado fora.
Sub - hhusmsspprrggthhhhsss
“Mestre” - Ahh esqueci que destronquei seu maxilar... Mas você disse que gostava de apanhar. Tudo consensual, né? Minutinho que vou resolver isso...CAPOOOFFFFFFF....
“Mestre” - Pronto. Voltou pro lugar. É só dar um soco do outro lado. Quem disse que não sou cheio de técnica?
Sub - bur issu gunviu nu sinhô.
“Mestre” - Agora vamos lá... Obediência!!... Levanta... deita de frente... mãos pra cima.... precisa prender não, bondage é coisa de brocha... isso... abre as pernas... faz cara de piranha e me chama!... Tô indo...
Sub - Sem camisinha ????!!!
“Mestre” - Para que camisinha, meu amorzeco? Nada que atrapalhe o prazer. Não confia em mim? Você é minha namorada, minha paixão, minha exclusiva, amor dos meus sonhos, já to pensando nos nossos filhinhos...
Sub - hummmmm.... aaahhhhhhh....Fuck... Fuck... Fuck... splesshhttttS- Já, gato ?????
“Mestre” - Pois é. O que importa é o prazer, querida. Já gozei.
Sub - Mas e eu?
“Mestre” - "Você ta aqui para me servir". Não é assim que seus amigos litúrgicos falam?
Sub - Isso não é consensual.
“Mestre” - É sim. Você abriu as pernas e eu meti. Quer mais consensual que isso?
Sub - Você disse que ia gozar muito (... da minha cara).
“Mestre” - Tá... Tá... Tudo conforme o acertado... Vai ali pro canto.... Isso..... De cócoras... Agora se masturba pro teu Donão, minha putanha... Isso... vai... mais... mais rápido... assim... Gozou?... Nunca foi tão exposta e humilhada, né? Que bom. Isso é que é D/s hard sem frescura. O que importa é o prazer. Agora deixa eu ver o jogo na TV e não reclama, porque você é escrava.... E vai arrumando a casa que faxineira ta uma nota!
* Cinco garrafas de cerveja, um pacote de batata frita, um saco esfolado de tanto coçar e sete arrotos depois, o jogo acaba com o time do Mestre perdendo, o que rende mais umas boas porradas e uma enrabada com cuspe... Tudo consensual.
“Mestre” - Foi bom meu bem?
Sub - Ahhh meu dono, foi o dia mais excitante da minha vida depois da minha primeira comunhão. Já posso entrar com sua coleira na sala de bate-papo gato?
“Mestre” - Não anjinho, nada dessas coisas de coleira na sala. Isso é coisa de litúrgico. Vamos manter a discrição. Nada de "exposição à toa".
Sub - Sim Gato.
“Mestre” - E nada de falar pra ninguém que estamos juntos. Quero nosso amor longe das fofocas. Quero te preservar (...e às minhas outras escravas).
Sub - Nem pra nossa melhor amiga?
“Mestre” - Aquilo é uma víbora com aquele Mestre litúrgico dela. E nada de reservados também. Quero você teclando no aberto só (...para garantir que ninguém vai falar mal de mim e que você não arruma outro). Ta proibida de falar com qualquer Mestre e quem disser que tem coisa pra falar de mim, ignore. É uma ordem.
Sub - Sim Gato. Mas estamos namorando?
“Mestre” - Claro linda, é só minha noiva viajar de novo e a gente vai pro cinema e tem outra trepada... digo, sessão.
Sub - Noiva ???!!!! Conversamos tanto e você não disse que era noivo.
“Mestre” - Você perguntou se eu era casado. Eu respondi.
Sub - Então não vai casar comigo? Apanhei à toa? Daqui há pouco vai dizer que tem outra escrava também.
“Mestre” - Não, anjo, você é única escrava do grande Dom Gostoso.
Sub - Dom Gostoso ?????????!!!!!!!!!!!!!! Seu nick não é o Dom Gatão?
“Mestre” – Xiiiiiiiiiiiiii...


No próximo post “reflexões” vamos discorrer sobre os princípios, a liturgia, o ritual, as regras, etc., dentro de uma relação D/s saudável.

6 comentários:

sub yarin disse...

Obrigada Sr pelo carinho.Saudações e bjs da yarin!

¥ nyssa ¥...ÅS disse...

Muito bom o senso de humor da Hadara, não conhecia o blog, que é ótimo tb.

Lolita disse...

Fiquei encantada com seu espaço Sr. Seus textos são sérios e levam a reflexão. Qualidade em música tb. Em sua seleção estão as músicas que mais gosto. Esse seu último texto é muito divertido e nos leva a pensar que muitas submissas passam por conversas assim com mestres falsos ou falsos mestres.Tenho certeza que não é o seu caso. Estou adicionando o Sr no msn que está em seu perfil aqui no blog porque adoraria trocar ideias com o Lord. Uma ótima semana para o Sr e um beijo bastante respeitoso.

talia disse...

Ahhhh muito bom!!!!

Esses "mestres" deveriam morrer!! rs

Saudações

ursinha disse...

É depois eu que ainda tenho fama de surtada, rss
amei a postagem e infelizmente isto ainda acontece.

Bjs de mel
ursinha

{helena}_Andarilho. disse...

Muito boa postagem caro Lord, sem dúvida os chats estão cheios destes pseudo Dom, q se julgam os tais , que me verdade de BDSM nada sabem querem apenas se divertir e sair da vidinha rotineira, me considero uma privilegiada fui adestrada por um DOM, no sentido mais brangente desta palavra, que soube conduzir-me de forma não traumatica , possibilitando a mim descobrir a submissão, hje sou uma Kdela, graças seus ensinamentos e a minha ância de conhecimento .Sem mais deixo meu cordial abraço ,desejo um maravilhosos ano novo pra nós todos,sdçoes.