Páginas deste Blog

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Senhor


Tira a roupa minha puta vadia

Vem servir teu homem

Abre tua boca gulosa

Recebe nela meu néctar

Desnuda teus desejos

Dá-me tua pele macia

Para que nela eu deixe minhas marcas

Presa e imobilizada

A mercê daquele que a tem

Eu, teu Dono e Senhor

3 comentários:

Catlin disse...

Delícia de poema...
beijos com muito carinho...

"YLLE" disse...

qualquer fêmea apreciaria ouvir essas palavras

qualquer femea adoraria passar por esses momentos...

deliciosamente sedutor...

isabel cristina disse...

Boa tarde...a tempos não passo por aqui mas não posso deixar de comentar que já vi essa cena em algum lugar....beijos meus...espero que esteja bem...