Páginas deste Blog

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Reconstrução


Sob a luz do candeeiro
Vejo-te súplica
Aberta e arreganhada
Tua bunda jaz um mármore liso
Agora marcada e escrita
Como um epitáfio


Em tua vulva
Faminto e feroz
Transformo língua em falo
E à minha mercê
Invado-te
Para auscultar teu gozo





Minha Puta!
Serves-me isenta de vergonha
O léxico verbal está na carne
Nos lábios cerrados
Nos olhos pedintes
E no teu líquido anestesiado


Algoz de tua inocência
Senhor de teus desejos
Intemporal em Eros e Vênus
Moldo-te para me servir
E te reconstruo
De dentro para fora


(Lord Bondage)

9 comentários:

{ternura}_WOLFMAN disse...

belissimo poema Sr, Parabéns!!

Saudações respeitosas
{ternura}_WOLFMAN

¥ nyssa ¥...ÅS disse...

Inspiradíssimo!
Super lindo, parabéns!

Catlin disse...

Lindo poema Lord
Intenso.

Beijos de carinho.

PS: a ultima foto quase que eu postei na minha ultima postagem, rsssss

sub_ ísis disse...

Lord!

vim agradecer a sua visita e parabeliza-lo pelo poema profano e ao mesmo tempo sutil...
Tenhas um excelente fds
Beijos doces

sub_ísis

LadySiri disse...

Olá Lord,
cheguei aqui através do blog da Helena.
Lindo poema.

Anjo e Vida disse...

Postei umas imagens suas em sua homenagem, no meu 2º Blog. http://sexanjo.blogspot.com/2010/12/essas-sao-do-lord-httplordbondageblogsp.html

Espia lá

ઇ‍ઉ MαsкєĐ ઇ‍ઉ disse...

Olá Lord,

Obrigada pela visita.
E se gostou por favor, volte sempre.
Será um prazer te-lo por aqui.

Parabéns pelo intenso poema, profano na medida exata e sutil como de um lord e senhor.

Beijo.

EU SOU NEGUINHA disse...

ADOREI O ESCRITO lORD...
BEIJOS

Hope disse...

Belissimo post... Mestre!