Páginas deste Blog

terça-feira, 1 de março de 2011

Quero-te

Torturada pela própria dor
Elidida diante dos desejos

Queimas por dentro no fogo da entrega
União de medo e vontade
Estranhas e diferentes sensações
Roda viva, roleta russa
Outras tantas coisas...


Lord Bondage

9 comentários:

ღPat.ღ disse...

Simplesmente: ANIMAL!

Desculpe, mas foi o que senti ao ler o post. As imagens são perfeitos deslumbres...

Um querer de muitos(as)!

Cumprimentos, Sr. Lord Bondage.

Beijos.

Catlin disse...

Eu amei a roupa de cordas, rss um espetáculo.

lindo e delicioso o poema, não poderia ser diferente vindo do senhor.

bjss

{umbra}_MD disse...

Simples!
Intenso!
Profundo!

Lindo,Lord. Parabens.

Beijos doces,

{umbra}_MD

ઇ‍ઉ றαscαrαdα ઇ‍ઉ disse...

É um querer lascivo..
é um querer dolorido..
é um querer intenso.

Boa noite Lord.
Passo pra deixar um beijo.

{tigerin_hope}_H.'.THOR disse...

Milord...
Delicioso poema!
É sempre uma delícia passar por seu espaço!
Deixo beijos respeitosos,

Hope

_lua_ disse...

Tantas outras coisas que nos norteiam.. e tiram o sono.. a fome.. mas matam a sede.

Adorável.
Bjs da lua.

=^.^=

Lord Bondage disse...

Linda menina _lua_, é sempre muito gostoso te ter por aqui. Beijos e obrigado.

Rosa Vermelha disse...

Querido,

obrigada pelo comentário no meu blog,
seu acróstico é maravilhoso de uma sensualidade e sensibilidade incrível! Quero-te muito feliz ao lado da sua sub.
Super beijos,

RØS@V€RM€lh@

Lord Bondage disse...

Querida Rosa Vermelha, obrigado pelos elogios e carinho.

Beijos e felicidades